dois de fevereiro .

não sei se deva chorar , ou se deva rir . se deva acreditar ou se estou apenas a sonhar . custa-me acordar todas as manhãs sem os teus bons dias , ao longo do dia nem um simples olá receber , adormecer sem as tuas boas noites e recorrer a mensagens antigas vezes e vezes sem conta para me sentir melhor . todos esses dias , parecendo que não , fazem-me sentir sozinha , vazia , despedaçada e chego a pensar qual é o meu papel no meio disto tudo com tanta coisa que se junta entre nós , no que realmente deva lutar e se valerá a pena lutar por nós . começou duma forma repentina e tão boa , mas agora parece que se vai assim mesmo , rápido demais e sem nenhuma explicação óbvia . parece que se gerou rotina , o teu silêncio mais uma vez e o meu coração persiste em ficar amachucado . só pedia que tivesses presente , só pedia que me mostrasses que me amas tal como dizes , que me desejas como se o amanhã não houvesse . só pedia que aqui estivesses e que não me evitasses . só pedia que largasses tudo e sentisses a minha falta , como eu , faria por ti e sinto . só pedia que todos os momentos bons continuassem de dia para dia e não de léguas em léguas . ao invés disso , não sei nada . vagueio ultimamente sozinha por estes caminhos longos e cinzentos à espera que o sol penetre e que lá ao fundo apareças . estou farta de viver na sombra sabes ? gostava que soubesses o quanto estas coisas me afectam , mas nem valerá a pena dizer-tas . aposto que não te sentes da forma como eu me sinto , aposto que não passas as noites em branco como ultimamente eu passo , aposto que não fazes uma força descomunal para que não acabes as noites sempre agarrado à almofada a chorar . duvido que passes segundos em segundos a olhar para o telemóvel a pensar que há uma mensagem e não há , que sentes uma vibração e no final foi apenas uma impressão . a mente prega partidas e há sempre aquela esperança que dês sinais de vida mas esse sinal , é escasso . fora o resto , mas isso não importa , eu sou sempre a má da fita , sou sempre eu que erro ao teu ver . só não percebo como é que é possível as coisas mudarem de um dia para o outro , como é que hoje um "amo-te" reconforta e amanhã , fugiu com o vento . as palavras são assim mesmo , insistem em voar e não há ninguém que as agarre com certas atitudes . custa-me sabes ? é como se arrancassem cada pedaço do meu corpo , é como se destruíssem o meu coração sem piedade . se calhar sou eu que te amo em demasia e o sentimento não seja da mesma forma ou talvez sou eu que crie demasiadas expectativas e no final , acabo por sair magoada . tu és assim mesmo e não há volta a dar . porventura , talvez possa ser o facto de ainda não nos termos conseguido moldar um ao outro , também passou pouco tempo é certo , mas ao meu ver , acho que já vivemos tanto . amar supostamente devia doer ? ou devia ser algo lindo , maravilhoso e que em vez de dor , de lágrimas , existissem apenas sorrisos , felicidade entre outros ? talvez ainda viva num mundo cor-de-rosa e pense que todas as relações devam acabar como nos filmes . acorda dora , a realidade não é assim . em vez de rosas , são os espinhos que ficam , em vez de cor-de-rosa é o preto que se instala . só gostava de saber o que é que mudou entre nós ou o que faz com que mude . sei que o amor tem destas coisas inexplicáveis , sei que o amor nunca vem para trazer coisas boas , há sempre as más quer queiramos , quer não  , mas isso supostamente não devia ser ultrapassado ? ou é sempre bom viver na angustia dos porquês ? . a minha cabeça está feita num 8 , a tentar perceber metade das coisas , a tentar responder a tantas duvidas , a tentar emendar todos os remendos mas o estofo vai-se e a confusão gera-se . preciso de ti , é um facto , mas tu , continuas a não estar . o quanto eu queria que me mandasses uma mensagem a dizer " estou à tua porta , saí " nem que fosse para fazer as pazes e receber um beijo . gostava tanto de acreditar que isso acontecesse e que tinhas tempo para mim . acredita , era a melhor coisa que agora me podias dar . gostava de me sentir protegida e segura , coisa que hoje , o abrigo fugiu . o que eu dava para receber aquele abraço apertado , aquela troca de olhares que ambos sabemos , receber-te por completo e me dissesses ao ouvido " tive saudades tuas , amo-te tanto " , simples . sinto saudades de quando me roubavas sorrisos , da época em que não me sentia triste e tudo se compunha naturalmente , onde havia sinceridade , onde havia força de vontade para que as coisas dessem certo (...)

8 comentários:

Odizquefaz disse...

Tenho a admitir que já não lia algo teu a bastante tempo , e agora , voltar a fazê-lo é bastante reconfortante . Tens uma escrita "que aproxima" não só no sentido narrativo como no sentido pratico e/ou sentimental (como queiras) transpondo tudo aquilo que relatas para os leitores. Gostei.

doraquel disse...

pois é , há bastante tempo que não andava com vagar de actualizar o meu blog a fazer textos decentes e que transbordassem "compaixão" a quem os lê-se . obrigada pela tua opinião , é bom saber isso .

SemSentido disse...

a vida é feita de altos e baixos, a tuas historia escrita neste blogue é qualquer coisa muito lindo tudo muito sentido, parece que desde os teus primeiros textos até agora muita coisa mudou em ti, mas todos os teus lindos e sentidos parabens :)

doraquel disse...

de facto , muita coisa mudou durante os anos que levo com o blog . houve alturas em que deixei de ter pachorra para actualizar isto , admito . há bastante tempo que não fazia um texto assim (refiro-me ao principal) mas esta fase da minha vida não é propriamente levada com uma grande auto-estima . ando em mudanças e , sinto falta do carinho de uma pessoa muito especial para mim e isso notou-se no que escrevi . agradeço o teu comentário , é bom saber que ainda existem pessoas a seguir o meu blog e a gostar dos meus textos :)

SemSentido disse...

é como te disse a vida ´tem altos e baixos, tens de ter forças e continuar a lutar por tudo aquilo que queres, vida é complicada para toda a gente, tu podes sentir falta duma pessoa, como pode haver pessoas a sentir a tua falta, e assim sucesivamente... é complicado não deixes é ninguem te mandar a baixo e luta para que a tua vida seja melhor :). Não tens de agradecer :)

doraquel disse...

Sim , eu sei. A vida tem destas coisas e nem tudo é como queremos . Nem tudo é bom . As coisas más acontecem infelizmente mas a maior parte delas serve para que a gente as enfrente com unhas e dentes . é verdade , poderá haver gente que sente a minha falta quem sabe , perdi muitas pessoas ao longo da minha vida e se até hoje não as recuperei é porque teve de ser assim . Quem sabe um dia as coisas não voltem como já aconteceu com uma amizade que tive e tenho . Obrigada pelas tuas palavras sinceras apesar de não saber quem és mas é gratificante ler algo assim :)

SemSentido disse...

Sabes o passado pode ser o passado mas a sempre algo que fica dentro de nós e que não é para esquecer é para mantermos dentro de nós pois aprendemos com isso, mas sim toda a gente ganha e perde pessoas com o passar do tempo isso é normal, uns vão para um lado outros para outro, mas a pessoas que por mais vezes que fujas delas voltam a aparecer sempre na tua vida e isso não é para negar nem rejeitar pois se isso acontece é porque secalhar essa(s) fazem parte de nós e não deveremos ignorar, nem tudo é destino pois nós para termos certas coisas temos de fazer por elas mas acredita que a coisas que acabam por ser o destino a fazer cruzar...
Ainda bem que tens gostado do que te tenho dito mas apenas é para te dar força :), as vezes não saber quem é até se torna melhor pois tudo sai mais sincero :)

doraquel disse...

Sim , é verdade :)