Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

20'09'16

Já faz algum tempo, já faz tempo mas tanto tempo que me perdi um pouco por aí.
Hoje é diferente, já não penso mais (acho). Hoje já não sou como era dantes. Acho que me custa, e nem sei como, nem porquê. Custa-me que haja tanta gente que faz tão pouco e ganha tanto. Custa-me, tentar tudo por tudo, mas nunca conseguir. Muito menos agora. Já faz tempo, mas tanto tempo que me perdi por aí.
Há tantas coisas que me fazem falta, e estaria aqui a noite toda a enumera-las. Irá sempre faltar essas malditas pequenas coisas, que de tão pequenas, são enormes.
Sorri, porque sorrir faz bem, e não chores porque se foi embora. Não quero jogar de novo este jogo, em que se perde pessoas e nunca mais se as conquistam. São mais as que vão, e são poucas as que se ficam. Vai-se lá saber porquê.
Já faz algum tempo, já faz tempo que me perdi por aí, em que deixei muitas coisas para trás, há procura de melhor, em que larguei tudo mas tudo, e sobrevivi apenas. Na vida, tudo se ganha, tudo se perde. Ganhei grandes c…
Mensagens recentes

mulher da minha vida.

Hoje escrevo porque fiz uma limpeza a finco no meu sótão e encontrei uma foto nossa. Admirei o teu sorriso durante uns bons minutos. Foi como se naquele preciso momento tivesse voltado à uns anos atrás. Eras e aposto que deverás continuar linda. Eras o ideal de moça que qualquer um na vila queria. Ninguém esperou que viesses atrás de mim e que inclusive te apaixonasses. Andámos tanto tempo que ainda hoje aperta uma saudade tremenda em todos os cantos do meu corpo. Como era bom chamar-te minha e eu ser teu. Desde que cada um seguiu a sua vida, talvez por estupidez, nunca mais te vi. Espero que tenhas alguém a teu lado, que te cuide e estime. Eu também tenho, mas não és tu nem é como tu. Afinal tinhas razão, não há nenhuma mulher igual a ti, todas tentaram mas nenhuma conseguiu. E eu, feito estúpido ainda acreditei que ia arranjar um clone teu. Todos nós temos uma mulher predilecta na nossa vida, e tu eras - e, não devendo admitir porque neste momento sou casado - és a minha. Pus-me a l…
Queria dizer-te mil e uma coisas mas tu hoje não as queres ouvir. Queria dizer-te e mostrar-te como o meu coração se despedaçou em bocadinhos. Queria dizer-te a controvérsia do te querer e ao mesmo tempo largar-te na expectativa que um dia mais tarde voltes, mas sei que isso nunca vai acontecer e desta vez tenho certezas. Infelizmente, as coisas mudam e é verdade. Sinto-me perdida, vazia, sozinha e sem chão. Sem ti, nada faz sentido, mas contigo a enganar-me, ou sei lá ao que chamas àquilo, muito menos. Ainda hoje tento compreender onde é que errei para merecer tal coisa. Será que me enganei, será que no fim não passa de mais uma tempestade num copo de agua? tenho tantas perguntas, tenho tantas dúvidas.
Hoje não me sinto bem aqui nem devia de aqui estar. Como te disse à dias, estou a mais na vida de todos incluindo na tua e ontem, parecendo que não, mesmo que não queiras ouvir, senti que isso era nada mais, nada menos, que verdade. Desde à uns tempos para cá que nunca quiseste compree…
Se escrevesse um livro de toda a minha história de vida, ela daria com certeza num drama. Em toda a minha vida desejei ter uma família como tantas outras, daquelas unidas. Desejei até que todos me dessem valor e me apoiassem nas etapas que poderia vir a ter. Que estivessem sempre comigo, mas infelizmente, hoje em dia, só posso contar comigo mesma e com meia dúzia de pessoas que persistem em ficar. Todas essas pessoas a quem chamei de família, hoje apontam-me o dedo por histórias inventadas e, tiram conclusões de mim que no modo geral não o são. É triste, é triste chegar a um ponto em que se perde o rumo, em que se precisa de apoio e de alguém que nos diga " é por ali ". Hoje, vejo-me forçada a sair da minha própria casa porque estou a mais e sem ter qualquer tipo de resposta às minhas perguntas, hoje vejo-me sozinha. Hoje vejo-me sem forças para seguir em frente. Todos os dias são assim, mais uns. Tento porventura pôr um sorriso na cara fingindo que tudo está bem mas por den…
tenho saudades daqueles tempos em que adormecia no sofá e acordava na cama . sinto falta daqueles momentos em que toda a família se juntava à mesa para comer fosse porque fosse . sinto necessidade de ter aqueles tempos em que não havia preocupações algumas e nem se quer sabia o que era a vida real , limitavam a esconder-me " debaixo das saias " como modo de protecção . passava a vida a ver desenhos animados só porque achava piada , adorava que me dessem a comida à boca porque assim não precisava de me esforçar e podia dormir em qualquer sitio , a qualquer hora que tinha sempre alguém a meu lado . levavam-me ao colo para ali e para acolá , cheguei até a fingir que estava a dormir só para isso mesmo . sentia-me protegida e o centro das atenções naquela altura . acho que todos nós o fomos . não nasci num berço de ouro para que conste . tudo o que precisava e queria , caía do céu e ainda cheguei a acreditar no pai natal . hoje , se preciso de algo , é com o meu suor . por mais q…
estás a ver aquelas alturas em que precisas de sair do teu habitat sozinho/a para recarregar energias , ires para um local onde ninguém te conhece a milhares de quilómetros da tua zona de conforto com o objectivo de pôr a cabeça no sitio certo , veres realmente aquilo que queres e porventura , tentares esquecer todos os problemas que te rodeiam ? pois bem , não fui só com essa intenção , mas filo à dias . não fugi de todo dos meus problemas , apenas os pus de lado durante horas , durante uns bons dias e hoje sinto-me como nova . prometi a mim mesma que ia esquecer tudo , desapegar tudo o que me apegava de certa forma e aproveitar cada segundo ao máximo . assim o fiz e hoje encontro-me aqui com a cabeça completamente limpa , com ideias e certezas , com decisões , com um sorriso e tudo o que me fazia mal , hoje deixou de fazer . pelos vistos , afinal o que tanta gente me dizia é verdade ; tenho uma força tremenda para levantar a cabeça nas piores alturas ao ponto de não deixar que nada …
se eu pudesse descrever tudo aquilo que agora sinto , palavras faltariam . prefiro não dizer nada do que alimentar algo que se evaporou como um dia de sol se tratasse . como dizem , as coisas más vêm para que coisas boas eventualmente possam surgir . talvez esteja destinado algo de bom e bem melhor para mim , pelo menos quero acreditar nisso . se é para começar do zero , ao menos que comece da melhor forma . não adianta falar do passado , o que importa agora é mesmo o presente , seja ele bom , seja ele mau . se até ao dia de hoje saíram pessoas da minha vida é porque assim tinha de ser . não condeno , aliás , talvez tenha sido com a intenção para que novas ocupem o vazio que essas mesmas deixaram . as que continuam , são as que realmente importam para mim e todos os dias faço questão de agradecer-lhes por nunca me terem abandonado . a vida tem destas coisas , o que nos dá hoje , amanhã retira de uma forma brutal . por mais que não aceitemos a realidade , por vezes temos que largar div…