13.

existem dias em que quando caís na realidade e pensas no que se passa contigo no dia a dia não sabes se hás-de seguir ou desistir da vida que tens não é verdade ? e depois , por mero acaso e sem te aperceberes , parece que há sempre algo que te puxa de novo para a ribalta da vida quando tudo se desmorona . se sim , compreendo-te . Chegas até a perguntar diversas vezes , aposto , o que se passa contigo nesse preciso momento . ficas carente e ao mesmo tempo confuso(a) mesmo que não o queiras admitir e acreditar em tal possibilidade . entram e saem pessoas das quais nunca pensaste vir a entrar na tua vida e até , a saírem dela . questionas diversas vezes , a ti mesmo principalmente , o que se passará contigo . caís em todas as palavras lindas e perfeitas de algumas pessoas , pelas quais no fim , até te machucam sem razão aparente e quando menos esperas . talvez seja por não se encaixarem na forma como pintaste as coisas , presumo . é um facto , quando te isolas ou tentas isolar-te do mundo porventura apetece-te estar rodeado de pessoas e quando o estás , fartas-te facilmente dessa rotina monótona e pedes que te deixem em paz . uma grande contradição não é ? . há coisas que a vida dá e outras que a vida tira de uma forma inexplicável e sem alguma razão aparente . o ser humano é de difícil complicação , complicam quando tudo é do mais fácil que possa haver e do fácil tudo se torna complicado . se tu , ao leres isto e sentires que se passa a mesma coisa contigo , parabéns , eu estou a passar pelo mesmo .   

Sem comentários: